quinta-feira, 18 outubro 2018
Capa » PROSEANDO » Apresentadas pautas do Setor Rural ao Ministro da Agricultura

Apresentadas pautas do Setor Rural ao Ministro da Agricultura

O ministro da agricultura, Blairo Maggi, esteve na Câmara dos Deputados, na tarde de terça-feira, 23 de agosto. O deputado federal Afonso Hamm participou de reunião e apresentou algumas pautas  voltadas ao setor do agronegócio.

Milho e Sorgo

Hamm entregou o convite para o XXXI Congresso Nacional de Milho e Sorgo, que será realizado em Bento Gonçalves, entre os dias 25 a 29 de setembro. A Comissão organizadora do evento, presidida por Zeferino Chielle, programou uma palestra que ficará a cargo do ministério, titulada como Economia Mundial e seu impacto no agronegócio de milho e sorgo. O evento promovido pela Associação Brasileira do Milho e Sorgo (ABMS), Fepagro/RS, Emater/ASCAR e Embrapa.

Plantio Direto

Também foi entregue o convite para o 15º Encontro Nacional do Plantio Direto na Palha, que será realizado nos dias 20 a 22 de setembro, em Goiânia. A entrega contou com a presença da coordenadora de relações institucionais da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação. O Ministério da Agricultura apoia o evento com a palestra Plano ABC e Políticas Públicas de Incentivo ao Uso do SPD e da Agricultura Sustentável. Hamm é autor do Projeto de Lei 3908/2015, que institui o Dia Nacional do Plantio Direto.

Vinhos

Junto com o diretor técnico do Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN), Leocir Bottega, foi tratado sobre o pedido para a redução na cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para vinhos, espumantes, cachaças e licores. A expectativa do setor é a publicação de um decreto presidencial, reduzindo o IPI do vinho de 10% para 6% para este ano e 5%, a partir do próximo ano. Informações do IBRAVIN apontam que a alta  tributação nos vinhos resultou na queda de vendas das bebidas e na redução de arrecadação. A comercialização do setor vitivinícola recuou 4,35% no primeiro semestre do ano no país, na comparação com igual período de 2015. Essa redução também é atribuída ao aumento do custo da matéria-prima, aliada à elevação dos insumos e o aumento da tributação.

Ovinos

Durante o encontro com o ministro, Hamm aproveitou para apresentar a demanda da Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos (ARCO) junto ao Ministério da Agricultura e da Fazenda, visando à inclusão de linha de crédito de retenção de matrizes ovinas e caprinas. Esta pauta, que ainda não foi aprovada no Conselho Monetário Nacional, contemplará mais de um milhão de produtores de ovinos e caprinos do país.

Lei do Abigeato

Ao tratar com Maggi sobre a Expointer, que iniciou no sábado, dia 27, em Esteio e que contará com a sua presença, Hamm ressaltou sobre a nova lei 13.330/2016, de sua autoria, que prevê penas mais graves para o crime de furto de animais (abigeato). O ministro parabenizou o parlamentar quanto à iniciativa da lei que irá amenizar esse tipo de crime devido ao aumento da pena de reclusão, de dois a cinco anos, mais multas e por ter sido tipificada no Código Penal. O assunto também será tratado na maior exposição do agronegócio da América Latina.

Matéria enviada pelo Dep. Fed. Afonso Hamm

“Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”.

Sobre Leandro Chaves

Leandro Chaves
Professor e Tradicionalista. Filho de Italmir Maldonado Chaves (in memoriam) e Ana Maria Castro Chaves. Exerceu diversas funções em Entidades Tradicionalistas de São Gabriel; foi Sota-Capataz e Tesoureiro da 18ª Região Tradicionalista. Atualmente integra o Departamento Social do CTG Tarumã. É o idealizador do Mennatchê, um evento tradicionalista realizado no mês de Setembro, dentro de uma Escola Pública, que tem como objetivo cultuar as tradições do RS.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Caçapavano ganha reconhecimento do MTG por atividades tradicionalistas

Na última sexta-feira (01/12) o Caçapavano Lucas Mota recebeu uma homenagem em reconhecimento aos serviços ...