Capa » PROSEANDO » Aroldo Torbes Guedes: um ícone da culinária campeira

Aroldo Torbes Guedes: um ícone da culinária campeira

Desde que ingressei no Movimento Tradicionalista, ao lado de meu saudoso Pai, AROLDO 1tive a oportunidade e o privilégio de conhecer este amigo, tradicionalista, gaúcho e ser humano que nos orgulha a cada palavra e prosa trocada com ele: AROLDO TORBES GUEDES, para muitos conhecido como “Finado Aroldo”.

Aroldo Guedes a cada rodeio, festa campeira e evento tradicionalista lá está, seja participando ou fazendo o que mais gosta: cozinhar, deixando todos que saboreiam de sua culinária campeira com a famosa “água na boca”, pois em cada prato campeiro por ele executado, tem como tempero principal o “amor e carinho” pela nossa culinária gaúcha.

AROLDO 2Com o seu talento e habilidade na culinária campeira, Aroldo Guedes já percorreu oEstado do Rio Grande do Sul, o Brasil, a Argentina e Uruguai, levando consigo este “dom” que Deus lhe deu, proporcionando a cada Gaúcho, Brasileiro e Hermanos, saborear o que de melhor existe, e bem feito, na nossa Cozinha Campeira.

Aroldo Guedes é um verdadeiro ícone da Culinária Campeira de São Gabriel para o Mundo, já perdeu as contas de quantas vezes participou e venceu a Prova de Culinária Campeira por este Rio Grande do Sul e Brasil, pois por onde passa deixa sua marca registrada na Culinária Campeira.AROLDO 3

Além da Culinária Campeira, Aroldo Guedes é um tradicionalista que participa de rodeios e festas campeiras, seja concorrendo ou de responsável da boca do brete, soltando a rês, para os laçadores deste Rio Grande de Deus lançar sua armada e conquistar os dez pontos.

Aroldo Guedes é um dos poucos tradicionalistas de São Gabriel, junto com Marco Moreira e Luis Pedron, que participou de todas as Cavalgadas da Chama Crioula realizadas na Terra dos Marechais, desde 1986, quando foi realizada a primeira cavalgada, saindo da Estância do Coentrilho, inteAROLDO 4rior do Município de São Gabriel até os dias de hoje.

Aroldo Guedes com sua fidalguia e amizade, trata cada amigo com simplicidade, respeitando a todos e com este seu jeito conquista amizade por onde passa. Sua singelidade é algo que cativa cada pessoa que consigo convive e nos deixa um legado de amor às coisas de nosso chão.

Histórias e andanças são muitas por este Mundo Grande de Deus, desde o desafio de uma Senhora que lhe disse: “Se eu perder para você amanhã na prova de culinária eu não uso mais saia”, e, com o desafio lançado, a “senhora” não foi páreo para Aroldo Guedes e, sua aposta, teve que ser apenas uma brincadeira, pois perdeu a prova.

Entre as andanças deste ícone, venceu prova de culinária onde estava “amanhecido” de um AROLDO 5Baile Gaúcho e, com a famosa “ressaca”, mas com sua simplicidade e amor pelo que faz, deixou a todos impressionado; “como pode acontecer isso, o Aroldo vencer”. Pode sim, com seu talento e gênio na cozinha campeira, aliados ao tempero principal, comida feita com amor e carinho, e o gosto pelo que faz.

Em Rodeios e Festas Campeiras já visitou Olímpia e o Rodeio de Barretos, em São Paulo, deixando sua marca com a nossa Culinária Campeira, onde os brasileiros que lá estavam saborearam uma verdadeira comida gaúcha deste Rio Grande do Sul, com o tempero e sabor com a marca Aroldo Guedes.

Na Argentina e Uruguai junto a Tropilha da Floresta do tradicionalista Reinaldo Menezes, deixou os Hermanos enlouquecidos com  seus pratos típicos do Rio Grande do Sul, mostrando aos vizinhos como se faz uma comida simples, mas gostosa e saborosa.

Nos pagos deste Rio Grande do Sul Aroldo Guedes é respeitado por todos, seja como tradicionalista ou como chef de cozinha da Culinária Campeira, pois com sua equipe de trabalho, sempre lhe dando um costado, espalha o sabor de uma comida tipicamente gaúcha.

xxNos Jantares Fandangos da Terra dos Marechais, ao saber que estará à cozinha a cargo de Aroldo Guedes já é sinônimo de sucesso garantido, pois todos que saboreiam os pratos típicos de nossa culinária ou churrasco feito pelo Aroldo Guedes e sua Equipe saem satisfeitos e com a certeza que degustaram um prato feito com carinho e amor.

Para Aroldo Guedes não existe tempo feio, seja com chuva, frio, calor ou temporal seus pratos típicos são feitos da mesma maneira, o tempo é apenas um segundo plano, pois o plano principal da Cozinha de Aroldo Guedes é fazer o que mais gosta e com muito carinho, pois tem sempre como objetivo principal deixar todos os gaúchos satisfeitos com sua culinária campeira.

Você que ainda não teve a oportunidade de prosear, saborear a culinária campeira feita pelo Aroldo Guedes e conhecer este amigo e tradicionalista não perca tempo, pois estará à frente de um gaúcho simples, honesto, companheiro e que tudo que faz, são com amor as coisas de nosso chão.

AROLDO 8Nós desde criança aprendemos muito com o Aroldo Guedes, pois além de sua habilidade e genialidade na cozinha campeira, Aroldo é um incentivador do surgimento de novos tradicionalistas, mostrando a cada criança, que tem o prazer de conviver consigo, o verdadeiro amor às tradições de nosso Estado, pois tudo que Aroldo faz no nosso Movimento Tradicionalista, faz de coração e transmite a cada gaúcho o significado do que é ser gaúcho e cultuar as tradições deste Rio Grande do Sul.

Prossiga assim amigo Aroldo Guedes, fazendo o que mais gosta e mostrando a cada criança e jovem deste pago o que é ser um gaúcho simples e autêntico, espalhe seu conhecimento e fidalguia, pois como eu tive o prazer de me criar, junto com meu saudoso Pai ao seu lado, recomendo as crianças e jovens, pois estarão ao lado de um ser humano incontestável e um gaúcho que ama a cultura de nosso Estado.

“Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”.

Sobre Leandro Chaves

Leandro Chaves
Professor e Tradicionalista. Filho de Italmir Maldonado Chaves (in memoriam) e Ana Maria Castro Chaves. Exerceu diversas funções em Entidades Tradicionalistas de São Gabriel; foi Sota-Capataz e Tesoureiro da 18ª Região Tradicionalista. Atualmente integra o Departamento Social do CTG Tarumã. É o idealizador do Mennatchê, um evento tradicionalista realizado no mês de Setembro, dentro de uma Escola Pública, que tem como objetivo cultuar as tradições do RS.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Feliz Ano Novo …

Foi muito bom!!! Muito Bom mesmo, contar sempre com a tua amizade, durante o ano ...