terça-feira, 18 setembro 2018
Capa » ARTÍSTICA & CULTURAL » Contagem regressiva para o maior festival de arte amadora da América Latina

Contagem regressiva para o maior festival de arte amadora da América Latina

O Enart – Encontro de Artes e Tradição, acontece no próximo final de semana em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. De 18 a 20 de novembro, em 11 palcos paralelos, 20 modalidades artísticas estarão em evidência: Danças tradicionais, Chula, Gaitas (gaita piano, gaita de botão até oito baixos, gaita de botão mais de oito baixos, gaita de boca e bandoneon), Violino ou rabeca, Violão, Viola, Conjunto instrumental, Conjunto vocal, Solista vocal, Trova galponeira, Declamação, Pajada, Concurso literário gaúcho, Causo gauchesco de galpão e Danças gaúchas de salão.

No total, participam mais de 6 mil concorrentes, dos quais 4 mil somente nas danças tradicionais. Os finalistas representam 30 regiões tradicionalistas do Estado, escolhidos a partir de três etapas eliminatórias realizadas nas cidades de Uruguaiana, Venâncio Aires e Marau.

O evento, organizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho, tem por finalidade a preservação, valorização e divulgação das artes, da tradição, dos usos e costumes e da cultura popular do Rio Grande do Sul. Também constitui uma oportunidade ímpar para promover o intercâmbio cultural e projetar a cultura popular e tradicional do Rio Grande do Sul em nível regional e estadual, abrindo perspectivas de amplitude além de nossas fronteiras. Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, é também objetivo do Enart valorizar o artista amador do Rio Grande do Sul e credenciar os vencedores do ENART, nas diversas modalidades (individual ou coletiva), a se apresentarem nos eventos oficiais do MTG e representarem o Estado nos eventos nacionais e internacionais.

Uma das novidades da próxima edição, a 31ª desde que o evento começou a ser realizado, é a apresentação das notas, na modalidade Danças Tradicionais (Força A e Força B) no telão, a exemplo de como acontece nas olimpíadas. O objetivo, segundo o vice-presidente artístico do MTG, José Roberto Fischborn, é proporcionar maior transparência ao processo. Uma iniciativa já testada em 2015 e que, pelo sucesso, será repetida é a oportunidade de atuação de voluntários. “O tradicionalismo é mais que uma paixão no Rio Grande do Sul. É um estilo de vida. Para muitas pessoas poder trabalhar no evento é motivo de muito orgulho e valorizamos esse engajamento”, afirma Fischborn.

O Enart é uma apresentação da Secretaria de Estado da Cultura. Promoção e realização: Movimento Tradicionalista Gaúcho, Fundação Cultural Gaúcha e Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul. Apoio: 5ª Região Tradicionalista e Erva-mate Barão. Patrocínio: Schin e Philip Morris. Financiamento: Pró-Cultura RS, Secretaria da Cultura Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Confira os valores dos ingressos:

Adulto (ingresso diário): R$ 15,00
Adulto (pulseira permanente para sexta, sábado e domingo): R$ 40,00

Criança de 10 a 12 anos (ingresso diário): R$ 7,00
Criança de 10 a 12 anos (pulseira permanente para sexta, sábado e domingo): R$ 20,00

Idoso acima de 60 anos (ingresso diário): R$ 7,00
Idoso acima de 60 anos (pulseira permanente para sexta, sábado e domingo): R$ 20,00

Estudante com carteira (ingresso diário): R$ 7,00
Estudante com carteira (pulseira permanente para sexta, sábado e domingo): R$ 20,00

Pessoas com deficiência: livre

Concorrentes credenciados: livre

Estudantes do ensino fundamental da rede pública de Santa Cruz do Sul (credenciados): livre

Doadores de Sangue de Santa Cruz do Sul (credenciados ao Hemovida²* – Santa Cruz do Sul): livre

Valores para veículos (seguro incluso. Condutor do veículo e acompanhantes pagarão o valor do ingresso individualmente)

Automóvel: R$ 40,00

Ônibus: R$ 100,00

Motocicleta: R$ 10,00

Fonte: Rogério Bastos.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Caçapavano ganha reconhecimento do MTG por atividades tradicionalistas

Na última sexta-feira (01/12) o Caçapavano Lucas Mota recebeu uma homenagem em reconhecimento aos serviços ...