Capa » ÚLTIMOS CHASQUES » CTG Vaqueiros da Tradição de Porto Belo/SC votará sua EXTINÇÃO.

CTG Vaqueiros da Tradição de Porto Belo/SC votará sua EXTINÇÃO.

CTG VAQUEIROS DA TRADIÇÃO VOTARÁ SUA EXTINÇÃO NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA.

A tradicional associação cultural de Porto Belo, segunda mais antiga em atividade no município, realiza no próximo dias 06 de agosto, data em que completa 34 anos de fundação, reunião em caráter extraordinário para votar sua dissolução.

A associação obedecerá um projeto de extinção votado em sua assembleia no mês de setembro de 2012, que decretou a convocação dos seus membros nessa data para decidir a dissolução do CTG caso uma área não fosse encontrada para construção da sede administrativa da associação.

Há quase vinte anos a entidade vem tentando junto ao poder público municipal um espaço para restabelecer sua área cultural que foi perdida em meados da década de 90 e, que até hoje, a causa encontra-se em discussão judicial.

Desde 2007 o CTG vem solicitando ao poder público um espaço em torno de 3.000m2 para a construção de um centro cultural, e que tem como proposta servir de sede para a associação, além de suprir uma lacuna no município que é a falta de espaços adequados para promoções culturais e sociais.

Para o atual presidente da associação Leandro Rodrigues, 34, manter uma entidade no caráter associativo e promovendo atividades como o Vaqueiros da Tradição por tanto tempo e, sem qualquer local pra guardar nem uma colher, é mérito de todos os associados que demonstraram esperança e trabalho na manutenção até aqui do CTG.

Segundo ainda o presidente, dar continuidade a associação nestas condições não tem mais sentido, pois um CTG precisa de sua sede para desenvolver projetos, proporcionar sua manutenção financeira e estabelecer relações com a comunidade.

Afirma também o atual patrão que não vislumbra futuro em uma entidade que apenas obtenha um nome, dizendo que a luta pelo resgate da área até aqui foi “monstruosa” e que infelizmente o CTG não encontrou solução ao longo dos últimos tempos, e que deixará a associação caso a mesma permaneça ativa após a votação.

No ultimo ano o CTG recebeu a proposta da atual administração municipal de uma área de 2.500m2 em perímetro residencial para a realização de permuta em local adequado para o pretendido projeto. Porém, a falta de terrenos regularizados em áreas mais propícias e a crescente valorização dos imóveis na cidade foram os principais motivos para a não resolução do impasse até o momento.

A extinção da entidade tradicionalista passará pelo voto secreto dos seus membros e caso seja confirmada, os bens da entidade serão destituídos de acordo com o estatuto do CTG, e toda a movimentação será prestada conta a comunidade.

Caso haja a dissolução conforme o projeto que será votado no próximo dia 06 (quinta-feira), implicará ao município a perda de uma associação tradicional no meio cultural da região, além de projetos como Jantares Tropeiros, Ações Sociais, Cavalgadas Republicanas, propostas dos resgate da cultura tropeira de Porto Belo e a disposição para construção de um Centro Cultural no município.

Fonte: Sítio do Gaúcho Taura.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Caçapavano ganha reconhecimento do MTG por atividades tradicionalistas

Na última sexta-feira (01/12) o Caçapavano Lucas Mota recebeu uma homenagem em reconhecimento aos serviços ...