terça-feira, 21 agosto 2018
Capa » PROSEANDO » CTM de São Gabriel elegeu sua Patronagem 2015/2016

CTM de São Gabriel elegeu sua Patronagem 2015/2016

Buenas! Com a permissão de nosso Patrão Maior e saudando cada Gaúcho pedimos licença para mais uma prosa semanal aqui no mundotradicionalista.com.br, onde a cada semana estamos buscando prosear sobre cada acontecimento de nosso Movimento Tradicionalista Gaúcho.

Na quarta-feira 21 de outubro de 2015 a Coordenadoria Tradicionalista Municipal, CTM, Entidade que coordena o tradicionalismo na Terra dos Marechais realizou junto ao Parque Rincão das Carretas sua Assembleia Eletiva para eleger sua nova Patronagem 2015/2016.

Todas as dezenove (19) entidades filiadas a Coordenadoria Tradicionalista Municipal estiveram presentes e exerceram seu direito a voto, que elegeu o novo Patrão, Capataz e Conselho de Vaqueanos.

Duas chapas estavam inscritas para os cargos eletivos. Dois Ex-Patrões da própria CTM disputavam o cargo. A chapa da situação era conduzida pelo atual Patrão Márcio Dávila, que tinha como Capataz Adair Lopes dos Santos. A chapa de oposição era conduzida pelo Ex-Patrão Cezarino Moreira, que tinha como Capataz Francisco Umpierre Miranda.

Após aprovação dos Patrões presentes ao nome de Sergio Caiubi de Andrade Silveira para presidir a Assembléia Eletiva, os dezenove Patrões das Entidades Filiadas a CTM exerceram seu direito a voto, na qual conduziram novamente ao cargo o atual Patrão Márcio Dávila, que obteve 11 votos contra 08 do candidato da oposição Cezarino Moreira.

DSCN3593

Nesta mesma votação foi eleito os novos Conselheiros da CTM, onde ficou assim constituído: Alcebíades Aloy de Almeida, Armando Marques, Carlos Weber, Carlos Almeida e Julio Moreira como titulares e Airton Dineck, Medianeira Staggemeier e Dilon Montardo como suplentes.

UMA NOVA GESTÃO OU A CONTINUIDADE?

Eis a questão. Com o resultado das Eleições no órgão máximo do tradicionalismo da Terra dos Marechais, fica a pergunta: Uma nova gestão ou a continuidade?

Mesmo com a continuação do Patrão Márcio Dávila e seu Capataz Adair Lopes a frente das rédeas da Coordenadoria Tradicionalista Municipal esperamos que se inicie uma nova gestão, trazendo consigo como continuidade o que de bom foi realizado e como uma nova gestão a correção dos erros que por ventura ocorreram no ano anterior.

Somos sabedores que jamais se consegue agradar a todos, mas esperamos que a CTM não trabalhe para agradar A ou B, mas sim busque sempre em todas as suas ações o cumprimento do que manda os regulamentos, obedecendo sua Entidade Maior, da qual a CTM é filiada, o Movimento Tradicionalista Gaúcho, MTG.

Muito trabalho pela frente terá a nova CTM, pois nosso Movimento Tradicionalista de São Gabriel vem a cada ano numa crescente e fica como responsabilidade dos condutores deste Movimento trabalhar a cada dia para pelo menos manter, mas sempre no propósito de melhorar.

XXX RECULUTA FARROUPILHA MUNICIPAL

São trinta anos de RECULUTA MUNICIPAL, onde em nenhum município deste Rio Grande do Sul é realizado um evento desta grandeza. Digo grandeza, pois envolve as Entidades Tradicionalistas de São Gabriel nos 365 dias do ano, com participação de seus peões e prendas nas mais diversas provas, sejam artísticas, campeiras, esportivas, sociais e culturais, que culminam com o desfile de 20 de setembro.

Uma das principais metas que a CTM deve ter durante a Reculuta Municipal é buscar sempre agregar e integrar as Entidades Tradicionalistas durante as provas, fazendo com que seja uma disputa saudável, onde a competição permaneça apenas durante a prova, ao seu término, volte a integração, pois assim estaremos mostrando a sociedade a importância que tem nosso Movimento Tradicionalista para a formação do cidadão.

CARTÃO DE IDENTIDADE TRADICIONALISTA NAS PROVAS DA RECULUTA

O Cartão de Identidade Tradicionalista – CIT foi criado no ano de 2003, com a finalidade de organizar e fortalecer o quadro de associados das entidades tradicionalistas, vinculando o seu portador a uma única entidade quando da representação em rodeios, torneios, competições artísticas etc…

O CIT é encaminhado através das entidades tradicionalistas às coordenadorias regionais a quem cabe alimentar o banco de dados do sistema (preencher uma planilha) e encaminhar à Fundação Cultural Gaúcha-MTG que providencia a confecção do cartão.

Conforme Regulamento do MTG, da qual a CTM é filiada, o CIT será exigido dos tradicionalistas na inscrição para eventos de caráter competitivo e eventos que especam certificados, da qual acreditamos que seja uma das missões mais difícil que terá a Patronagem da CTM durante a Reculuta Municipal de São Gabriel.

Apesar de sabermos que a Reculuta é um evento Municipal, mas é organizado por uma Entidade Filiada ao Movimento Tradicionalista, na qual a CTM, acreditamos que o uso do CIT deve ser obrigatório, pois o seu não uso estará a CTM e a Entidade Filiada ao MTG infringindo o Regulamento de seu órgão máximo, pois quando se filiamos ao MTG somos sabedores das regras a se cumprir.

A CTM como órgão organizador e a Entidade Tradicionalista que participa de um evento da qual não se obriga o uso do CIT poderão ser passível de punição do MTG, pois como citamos anteriormente, quando se se filia ao órgão máximo do tradicionalismo aceitamos suas regras e regulamentos, assim a não exigência ou a participação em evento que não obriga o cartão, deixa-se em aberto uma possível punição do MTG.

Por isso que acreditamos que será uma das ações mais difícil do Patrão Márcio Dávila nesta sua nova gestão frente à CTM, pois sabemos que tem algumas entidades das 19 filiadas a Coordenadoria Municipal que não são filiadas ao MTG.

Esperamos que a nova Patronagem da Coordenadoria Tradicionalista Municipal realize um excelente trabalho, que todas suas metas para este novo ano sejam cumpridas, pois assim quem vence será o nosso Movimento Tradicionalista.

União e integração deve ser requisito principal das 19 entidades filiadas a CTM, principalmente de suas patronagens, pois são os espelhos para nossas crianças, jovens, peões e prendas, como também para a sociedade.

Que todos os tradicionalistas, vencedores ou não no pleito eleitoral da Coordenadoria Municipal se unam, trabalhe e troquem ideias, pois assim seremos mais forte em busca de cumprir todos os objetivos de nosso Movimento Tradicionalista Gaúcho. A disputa entre as chapas deve ser encerrada no momento da divulgação dos resultados e a partir daí seguir todos juntos e integrados na busca do crescimento da nossa CTM e consequentemente do tradicionalismo.

Devemos estar sempre prontos a colaborar, o nosso tradicionalismo é forte, nós somos gaúchos e nos orgulhamos desta terra. Então, patrão Marcio Dávila, o Proseando com Ratinho Chaves se coloca a sua disposição para contribuir e divulgar o que for preciso, sempre no propósito de buscar o fortalecimento e engrandecimento do nosso tradicionalismo.

Sucesso a nova Patronagem da CTM, que vocês, junto as 19 entidades tradicionalista possam estar sempre trabalhando integrados, coesos e com a responsabilidade de fazer um tradicionalismo cada vez mais forte e estar sempre cultuando as tradições deste chão sulino.

Muito Obrigado a todos que a cada semana reservam parte de seu tempo para prosear com o Ratinho Chaves. Que nosso Patrão Celestial derrame todas suas benção sobre cada um de vocês e seus familiares. Abraço e até a próxima semana.

“Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”.

Sobre Leandro Chaves

Leandro Chaves
Professor e Tradicionalista. Filho de Italmir Maldonado Chaves (in memoriam) e Ana Maria Castro Chaves. Exerceu diversas funções em Entidades Tradicionalistas de São Gabriel; foi Sota-Capataz e Tesoureiro da 18ª Região Tradicionalista. Atualmente integra o Departamento Social do CTG Tarumã. É o idealizador do Mennatchê, um evento tradicionalista realizado no mês de Setembro, dentro de uma Escola Pública, que tem como objetivo cultuar as tradições do RS.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Caçapavano ganha reconhecimento do MTG por atividades tradicionalistas

Na última sexta-feira (01/12) o Caçapavano Lucas Mota recebeu uma homenagem em reconhecimento aos serviços ...