quarta-feira, 17 Janeiro 2018
Capa » CAMPEIRA » Desfile de 20 de Setembro é cancelado

Desfile de 20 de Setembro é cancelado

Guaíba suspende o desfile de 20 de Setembro por risco de Mormo.

A decisão do prefeito tem o aval das autoridades sanitárias do município e do estado.

O prefeito de Guaíba conversou com as autoridades sanitárias de Guaíba, e manisfestou sua preocupação com o risco da doença Mormo, que afeta os equinos, e é transmissível aos seres humanos, durante o desfile de 20 de Setembro. “Como médico recomendo que as pessoas evitem contato com cavalos sem o exame. Como prefeito proponho o cancelamento do desfile”, declarou Henrique Tavares.

Na manhã desta quarta-feira,26, o prefeito esteve reunido com representantes da Inspetoria Veterinária, da Unidade de Controle de Zoonoses, das Secretarias de Saúde e de Turismo e Cultura, da Vigilância em Saúde Municipal e Estadual e da Vigilância Ambiental.

O desfile farroupilha reúne mais de mil cavalarianos na cidade e não há estrutura para controlar se todos os animais fizeram o exame de Mormo. Esta foi a posição unânime dos técnicos.

Programação será mantida e haverá comemoração dos 180 anos da Revolução Farroupilha.

A secretária de Turismo e Cultura garantiu que toda a programação das festividades Farroupilhas está mantida e disse que o momento é de evitar os riscos. “Mesmo sem o desfile dos cavalarianos, a comemoração dos 180 anos da Revolução Farroupilha será inesquecível”, garantiu Cláudia Mara Borges Rosa.

As entidades tradicionalistas apoiam a decisão por causa do risco que os próprios cavalos correm ao ficarem aglomerados com outros animais. Diversas cidades gaúchas também cancelaram o desfile a cavalo devido ao Mormo, inclusive Porto Alegre.

Participaram da reunião com o prefeito Henrique Tavares, o vice-prefeito e secretário da Saúde, Rogério Souza, a secretária de Turismo e Cultura, Cláudia Mara, e os representantes da Vigilância Ambiental do Estado, Sílvia Kessler, da Vigilância Estadual em Saúde, Neusa Barreto e Bannato, da Vigilância Municipal em Saúde, Janice da Silva Karpinski, da Unidade de Controle de Zoonoses, Priscila Santos, Patrícia Malanga, da Vigilância Municipal Ambiental, Elisa de Menezes Teixeira, e da Inspetoria Veterinária Estadual, Antônio Carlos Ferreira Neto.

A DOENÇA

O Mormo é uma doença equina que pode ser transmitida aos seres humanos e também a outros animais. A contaminação acontece pelo contato com material infectante, como pus, secreção nasal, urina ou fezes. A doença era considera erradicada do Estado, até o aparecimento do primeiro caso em junho deste ano, na cidade de Rolante.

 Fonte: Portal Centro Sul

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Apresentação temática da Semana Farroupilha está confirmada para próxima segunda

Mesmo diante de todos os entraves e dificuldades financeiras que colocaram em risco a realização ...