Capa » ARTÍSTICA & CULTURAL » Dom Pedrito – DC Alma Gaúcha traz para casa o troféu de 4º lugar do Enart – Força B

Dom Pedrito – DC Alma Gaúcha traz para casa o troféu de 4º lugar do Enart – Força B

Foto: TV Tradição.

O Departamento Cultural Alma Gaúcha (DCAG) foi o 4º colocado na Força B do Enart (Encontro de Artes e Tradição Gaúcha). O evento foi realizado durante o final de semana no Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul, e reuniu milhares de pessoas das mais diversas cidades do Estado.

O DCAG mais uma vez fez bonito e trouxe um troféu para casa, ficando entre os cinco melhores grupos da Força B do Enart e levando o nome de Dom Pedrito para todo o Rio Grande do Sul. Abaixo, confira os relatos de alguns integrantes do grupo sobre essa conquista.

Bruna Souza dos Santos

Dançar é simplesmente um sentimento inexplicável e dançar o Enart é inenarrável! Duas frases cabem perfeitamente para esse momento: “só quem dança sabe” e “não posso, tenho ensaio”.

Nas últimas semanas tivemos uma carga Horária de mais ou menos 32 horas de ensaio semanais. Construir uma apresentação no Enart exige muita dedicação, companheirismo, esforço, foco e trabalho em equipe. É um trabalho construído em anos e devemos agradecer a todos os bailarinos que passaram pelo Alma Gaúcha e deixaram a sua marca. Nesse ano não cabem agradecimentos específicos, pois o grupo todo pegou junto, em ensaios, promoções, nas conversas, foi um ano que todos tiveram voz e a união do grupo fez o trabalho ser muito bom e leve.

Quero agradecer a comunidade pedritense e dizer que não tem explicação ver o nosso DC Alma Gaúcha sendo acompanhado minuto a minuto. O carinho e acolhimento de vocês foi essencial. E para finalizar, quero agradecer a cada um que que contribui para esse sonho se tornasse realidade.

Ângelo de Oliveira Pacheco

2015 foi um ano bem diferente para o Alma. Vinhamos desde 2013 com uma proposta temática, falávamos sobre os Barões e Baronesas que viviam em Dom Pedrito em meados de 1800. Foi um tema bem aceito pelo público do ENART e que conseguiu marcar o Alma como um dos principais e mais esperados grupos da Força B. Mas com o passar das edições a gente sentiu a necessidade de impressionar os expectadores numa crescente a cada ano. Ao decidirmos o tema para 2015, queríamos inovar, impressionar ainda mais os expectadores da Força B.

A temática sobre a Espanha teve um papel muito importante nessa nossa expectativa. O som, os movimentos fortes e expressivos do povo espanhol fez com que a nossa apresentação fosse uma das mais esperadas e assistidas desta final! Tivemos muitos ensaios para chegarmos a um tema conciso, bem caracterizado, levando para as danças tradicionais a postura, os trejeitos e as expressões espanholas. Foi um trabalho bem minucioso, mas que deu bastante certo! Com a 4º colocação, já estamos automaticamente classificados para a final do ENART 2016, e com isto já estamos trabalhando com algumas ideias para levarmos a Santa Cruz no ano de 2016! Vem novidade por aí, e as expectativas são as melhores!

Tô muito feliz de estar mais uma vez entre os 05 melhores grupos do Estado da Força B. Mais uma vez dividindo meu sonho com meus irmãos de causa. Me despeço dos tablados do ENART neste ano de 2015, mas trabalharei como sempre nos bastidores por um Alma firme, forte e sempre surpreendente.

Diana Silva

É muito bom ouvir, mais uma vez, o nome da entidade que represento entre os 5 melhores grupos do estado, pela força b. Realmente, é um sentimento de dever cumprido e de trabalho reconhecido. É maravilhoso e inexplicável.

Nossa apresentação foi sobre a chegada de espanhóis à Dom Pedrito a fim de tomar as vastas as terras da Fronteira Sul Rio-Grandense em espaços férteis e lucrativos. Ao chegar em solo pedritense, o grupo dividiu-se para mostrar imponência perante o povo português que por aqui habitava. A dança era a forma de expressão de impor significância na posse das terras.

Fonte: QWERTY – Portal de Notícias.

Reportagem: Elliézer Garcez
Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Piquete inova e conquista concurso com prato a base de peixe

Piquete 345: Desgarrados da República, do bairro Partenon, saiu do convencional e venceu o concurso. ...