Capa » PROSEANDO » O reconhecimento ao trabalho dos mestres

O reconhecimento ao trabalho dos mestres

Buenas Gaúchos deste chão sulino e que se espalham pelos mais distantes pagos deste mundo de Deus. Pedimos sua permissão para juntos prosearmos mais uma vez aqui no Mundo Tradicionalista, onde o Proseando com Ratinho Chaves semanalmente trás um pouco do que esta ocorrendo em nosso Movimento Tradicionalista.

Nesta semana queremos trazer como prosa o nosso RECONHECIMENTO, nossa GRATIDÃO e nosso ORGULHO para com dois mestres. Mestres que com dedicação, carinho e profissionalismo realizam um brilhante e reconhecedor trabalho com nossas crianças.

Trabalho incansável, onde a semente foi plantada em anos anteriores e os frutos desta semente podem ser colhidos a cada rodeio artístico, seja de nível médio ou em grandes competições como foi neste final de semana no FESTMIRIM, um dos maiores eventos artísticos da categoria mirim do Estado do Rio Grande do Sul, junto ao Grupo de Danças Mirim do CTG Tarumã

A ti professor, mestre e amigo ANGELO LEÃO e a você mestre, professora e amiga ANA LUCIA LEÃO que dedicamos nossa coluna semanal, pois sem vocês talvez nosso grupo mirim não tivesse chegado a este estágio. É uma crescente, pois tudo que se realiza com carinho, amor e dedicação vêm o reconhecimento.

FOTO ANGELO

O sucesso tem vocês como responsável, o brilhantismo tem vocês como coautores, a grandeza do grupo mirim é fruto do trabalho de vocês. Trabalho este que realizam semanalmente com nossas crianças.

Sabemos o quanto vocês se dedicam para mostrar as crianças do Grupo Mirim o caminho da dança, o caminho correto para que com o talento de cadaum alcancem o sucesso.Não é fácil, mas é recompensador. Muitas barreiras surgem no caminho, mas com a maestriade vocês o grupo consegue superar e buscar do fundo da alma de cada criança energia para superar cada pedra docaminho.

Estar entre os grandes passou a ser um privilégio do Grupo Mirim do CTG Tarumã, estar entre os melhores é uma realidade que antes talvez não acreditasse que estaríamos ali. Mas nada é feito em vão, nada é feito somente por fazer. Que vocês fazem com nosso grupo é de coração, é como se fosse a dedicação de pai e mãe com um filho que tanto amam.

Continuem realizando este brilhante trabalho com nossas crianças, pois estamos com certeza no caminho certo, pois com apenas 06 pares de guerreiros no palco do Festmirim deixaram grandes invernadas de fora da final, pois estes guerreiros colocaram na ponta da bota, no solado da sapatilha e dentro de seu coração toda a energia de um brilhante trabalho que vocês realizam com eles.

FEST 1

Vocês hoje estão com nosso grupo Mirim entre as quinze melhores invernadas artísticas mirins do Rio Grande do Sul, não é apenas por essa conquista que prestamos essa homenagem, mas sim por todas elas, seja pela dedicação de vocês nos ensaios, seja no trato com cada criança, seja na orientação de como se realiza uma verdadeira dança tradicional e pelo amor as tradições gaúchas que vocês passam as nossas crianças.

FEST 2

Continuem realizando este belo trabalho com o Grupo Mirim, pois temos a certeza que a semente plantada começou germinar e agora chegou a hora de começar a colher os frutos. Vocês merecem todo o nosso RECONHECIMENTO e CARINHO.

FEST 3

O Rio Grande do Sul vai novamente começar a reconhecer o CTG Tarumã como um celeiro de grupo de danças, resgatando assim o que já foi no passado e vocês com certeza junto com o Professor Jainer Martins, são os responsáveis por este SUCESSO.

Nosso AGRADECIMENTO, RECONHECIMENTO e MUITO OBRIGADO a vocês: ANA LÚCIA E ÂNGELO LEÃO.

“Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”.

Sobre Leandro Chaves

Leandro Chaves
Professor e Tradicionalista. Filho de Italmir Maldonado Chaves (in memoriam) e Ana Maria Castro Chaves. Exerceu diversas funções em Entidades Tradicionalistas de São Gabriel; foi Sota-Capataz e Tesoureiro da 18ª Região Tradicionalista. Atualmente integra o Departamento Social do CTG Tarumã. É o idealizador do Mennatchê, um evento tradicionalista realizado no mês de Setembro, dentro de uma Escola Pública, que tem como objetivo cultuar as tradições do RS.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Apresentação temática da Semana Farroupilha está confirmada para próxima segunda

Mesmo diante de todos os entraves e dificuldades financeiras que colocaram em risco a realização ...