terça-feira, 16 Janeiro 2018
Capa » PROSEANDO » Situação atual do MORMO no Rio Grande do Sul

Situação atual do MORMO no Rio Grande do Sul

Buenas gaúchos deste chão sulino. Estamos mais uma vez lhe pedindo licença para juntos prosear aqui no mundotradicionalista.com.br

Nesta semana vamos abordar sobre a situação do MORMO no Estado do Rio Grande do Sul atualmente, pois estamos em plena temporada de Rodeios e Festas Campeiras.

mormo rs

Os dados que vamos divulgar são da Secretaria Estadual de Agricultura do Rio Grande do Sul.

Além do foco inicial de Rolante (com 01 equino positivo em WB) outros 23 focos de mormo foram identificados no Estado do Rio Grande do Sul, num total de 38 equinos com diagnóstico positivo no teste de maleína, reconhecido como diagnóstico conclusivo e definitivo para esta enfermidade pela Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) e na IN 24/2004 que aprova as normas para controle e erradicação do mormo, conforme relação abaixo:

Uruguaiana: 01 foco com 01 equino positivo. Animal está isolado e o sacrifício aguarda resolução sobre a notificação recebida de intimação de liminar concedida. Propriedade está interditada e em saneamento.

Alegrete: 01 foco com 01 equino positivo. Animal está isolado e o sacrifício aguarda resolução sobre a notificação recebida de intimação de liminar concedida. Propriedade está interditada e em saneamento.

Santo Antônio das Missões: 01 foco com 05 equinos positivos. Todos foram sacrificados no dia 24/09/15. Propriedade está interditada e em saneamento.

São Jorge: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado em 25/09/15. Foco encerrado e propriedade desinterditada.

Cruz Alta: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 25/09/15. Propriedade está interditada e em saneamento.

Boa Vista do Cadeado: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 28/09/15. Etapa de saneamento encerrada e propriedade foi desinterditada.

Rolante: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 25/09/15. Propriedade está interditada e em saneamento.

Nova Ramada: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 29/09/15. Foco encerrado e propriedade desinterditada.

Pelotas: 01 foco com 01 equino positivo. Animal está isolado e o sacrifício aguarda resolução sobre a notificação recebida de intimação de liminar concedida. Propriedade está interditada e em saneamento.

Camaquã: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 08/10/2015. Propriedade está interditada e em saneamento.

Três de Maio: 01 foco com 01 equino positivo. Animal está isolado e o sacrifício aguarda resolução sobre a notificação recebida de intimação de liminar concedida. Propriedade está interditada e em saneamento.

Porto Alegre: 01 foco com 01 equino positivo. O animal com suspeita clínica, teve resultado positivo na Fixação do Complemento veio a óbito antes da realização do teste da maleína. O foco está encerrado, pois havia somente um animal na propriedade que veio a óbito.

Rio Pardo: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 13/11/2015. Propriedade está interditada e em saneamento.

Cruz Alta: 01 foco com 08 equinos positivos, sendo que um deles foi sacrificado no dia 14/11/2015 e os demais sacrifícios aguardam resolução sobre as notificações recebidas de intimações de liminares concedidas. Os animais estão isolados. Propriedade está interditada e em saneamento.

Machadinho: 01 foco com 01 equino positivo. Animal positivo foi sacrificado no dia 18/11/2015. Foco encerrado e propriedade desinterditada.

Tupanci do Sul: 01 foco com 4 equinos positivos. Animais estão isolados e os sacrifícios aguardam resolução sobre a notificação recebida de intimação de liminar concedida. Propriedade está interditada e em saneamento.

Esmeralda: 01 foco com 01 equino positivo. Pedido de liminar foi indeferido e o animal positivo foi sacrificado no dia 30/11/2015. Propriedade está interditada e em saneamento.

Cruzeiro do Sul: 01 foco com 01 equino positivo. O animal positivo foi sacrificado em 16/12/15. Propriedade está interditada e em saneamento.

Passa Sete: 01 foco com 03 equinos positivos. Os animais positivos foram sacrificados em 19/12/15 e 15/01/2016. Propriedade está interditada e em saneamento.

Quarai: 01 foco com 01 equino positivo. O animal positivo foi sacrificado em 29/12/15. Propriedade está interditada e em saneamento.

São Borja: 01 foco com 01 equino positivo. O animal positivo foi sacrificado em 24/12/15. Foco encerrado e propriedade desinterditada.

São Luiz Gonzaga: 01 foco com 01 equino positivo. O animal positivo foi sacrificado em 27/01/2016. Propriedade está interditada e em saneamento.

Gramado: 01 foco com 01 equino positivo. Propriedade está interditada e em saneamento.

Desde a primeira ocorrência no mês de junho do corrente ano até a presente data, ao todo 38 suspeitas já foram descartadas. Além dos focos descritos acima (24 focos confirmado e total de 40 animais comprovadamente positivos – destes 38 diagnosticados positivos através do teste maleína, 01 por WB e um óbito), outras 38 propriedades estão sob investigação, aguardando provas confirmatórias. 5 propriedades foco já encerraram o saneamento e foram desinterditadas.

Divisão de Defesa Sanitária Animal.

Nota Técnica 03/2016 – 15/02/2016.

Defesa Sanitária Animal/DDA/SEAPI.

Com essas informações da SEAPI do RS podemos colocar os tradicionalistas que nos acompanham aqui no mundotradicionalista.com.br a par da real situação do MORMO em nosso estado.

Agradecemos a todos que mais uma vez reservaram um espaço no seu dia-a-dia para juntos prosear com o Ratinho Chaves. Abraços a todos e até o nosso próximo encontro.

“Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”.

Sobre Leandro Chaves

Leandro Chaves

Professor e Tradicionalista.
Filho de Italmir Maldonado Chaves (in memoriam) e Ana Maria Castro Chaves.
Exerceu diversas funções em Entidades Tradicionalistas de São Gabriel; foi Sota-Capataz e Tesoureiro da 18ª Região Tradicionalista. Atualmente integra o Departamento Social do CTG Tarumã.
É o idealizador do Mennatchê, um evento tradicionalista realizado no mês de Setembro, dentro de uma Escola Pública, que tem como objetivo cultuar as tradições do RS.

BOMBEIA TAMBÉM, TCHÊ!

Apresentação temática da Semana Farroupilha está confirmada para próxima segunda

Mesmo diante de todos os entraves e dificuldades financeiras que colocaram em risco a realização ...